Tudo o que você gostaria de saber sobre amamentação e ninguém te contou
agosto 8, 2017
Tudo o que você queria saber sobre incentivo à leitura na infância
outubro 22, 2017

Bento, o relicário da união

Bento, o relicário da união
5 (100%) 1 vote

Dizem que antes mesmo de nascermos, somos agraciados por Deus com vários dons. Nossa Senhora se despede de cada um de nós antes de recebermos o dom da vida, cobrindo-nos com seu manto de amor e soprando sobre nós as graças que vamos receber enquanto estivermos vivendo. Chegamos ao mundo com uma missão traçada, mas vamos descobrindo pouco a pouco sobre elas.

Desde pequeno Marcelo sempre foi alucinado com caminhões. Tinha uma coleção de carrinhos de brinquedo e por uma coincidência do destino acabou tornando-se engenheiro mecânico. Quando cresceu, criou seu próprio caminhão e começou a rodar Brasil a fora em busca de novos desafios de carreira.

Em 2013, ele havia se transferido para Porto Alegre. Tinha acabado de mudar para a cidade quando encontrou Bruna. Moça alegre, de sorriso fácil no rosto. Conheceram-se em um bar à noite e marcaram de se reencontrar no outro dia. Receosa, ela hesitou algumas vezes se iria ou não encontrá-lo. Porém, algo mais forte a convenceu sobre qual decisão tomar.

Aquela tarde parece não ter terminado. Praticamente desconhecidos, Bruna e Marcelo conversaram por mais de três horas. Enquanto ele contava sobre suas aventuras com caminhões e desafios por vários cantos do país, ela lhe contava sobre sua terra natal e os seus sonhos. Marcelo planejava uma vida em que Bruna parecia encaixar todos os seus sonhos.

O namoro foi evoluindo rápido. Pareciam ser feitos um para o outro. Em pouco tempo, já haviam decidido se casar. A alma leve de Bruna resolveu acompanhar os sonhos de um futuro seguro ao lado de Marcelo. Os dois combinaram que iriam seguir a estrada da vida juntos, não importasse onde ela fosse levá-los.

Fizeram uma breve passagem por Curitiba. Conquistaram amigos, viveram dias felizes e resolveram adotar uma cachorrinha. A cadelinha Sushi alegrou a casa e fez os donos se apaixonarem rapidamente. Porém, Bruna ainda escondia de Marcelo um grande sonho. Sentia que estavam na hora de compartilhá-lo com o marido. Ela guardava uma medalhinha que havia ganhado de presente quando fez 15 anos. A medalha tinha uma imagem e parecia indicar um caminho que deveria ser seguido.

Marcelo ficou surpreso ao saber dos planos da esposa. Resolveram partir juntos de viagem, seguindo a trilha desenhada na medalha para descobrirem onde aquele sonho poderia lhes guiar. Planejaram todos os detalhes com antecedência. Estavam dispostos e animados com o novo desafio. A intuição dele e conhecimento sobre as estradas lhe diziam que o caminho lhes levaria para perto da sua família. O pressentimento dele deixou a esposa ainda mais curiosa sobre o segredo da medalha.

Pegaram a cadelinha Sushi e seguiram rumo ao norte do país. Aquela aventura deixou o casal ainda mais unido. A cada parada, sentiam que estavam mais próximos de chegar em um lugar inesperado e ao mesmo tempo maravilhoso. Guiavam-se sempre pela trilha desenhada da medalha que Bruna havia ganhado. Várias noites ela se pegou pensando que aquela viagem mudaria a sua vida.

Quando estavam prestes a chegar no destino final, foram surpreendidos por chuva e nevoeiro. Resolveram parar na estrada para dormirem ali mesmo. Ao amanhecer, sentiram algo macio lhes tocando. Quando abriram os olhos, perceberam que estavam rodeados de coelhos brancos. Um dia de sol caloroso contrastava com a tempestade do dia anterior. Assustados, os animais saíram saltitantes em meio à grama.

O casal resolveu segui-los por curiosidade. Sushi os acompanhava curiosa. Qual foi a surpresa ao perceberem que por um acaso do destino haviam chegado no exato lugar onde o mapa da medalha se encerrava. Estavam diante de um portal que anunciava a entrada de um santuário de elefantes.

Bruna e Marcelo encorajaram um a outro sobre seguir aquele caminho. Acreditavam que os coelhos lhes havia guiado até lá por um bom motivo. Depararam-se com um lindo jardim florido ao entrarem ali. Estar naquele lugar lhes dava paz de espírito, segurança e um sentimento forte de amor pulsando no peito.

O plantio das flores e os pequenos elefantes do lugar os guiaram até o centro do santuário. Ao chegarem lá encontraram uma caixa de presente rodeada por um manto azul escuro com detalhes dourados. Resolveram abrir o embrulho. Foram impactados por uma luz capaz de cegar os olhos. Tiveram a mesma certeza: algo extraordinário estava para acontecer.

Ao amanhecer naquele fim de semana, Bruna e Marcelo foram despertados pelo choro do filho Bento. Levantaram-se e foram até o berço olharem o bebê mais uma vez. Bento tinha o olhar seguro do pai e a doçura da mãe. Estava deitado sob o seu melhor amigo – um elefante de pelúcia que havia ganhado de presente. Bruna passou a mão na medalha de São Bento que carregava no peito e sorriu serena. Sushi se aninhou nos pés do casal como quem chega para completar a família.

Os pais sabiam que haviam recebido um presente incomparável. Bruna e Marcelo sentiam completos depois da chegada da criança. Emocionavam-se sempre que olhavam para os olhos do menino. Bento é a aventura mais fértil que haviam vivido juntos. É a materialização dos planos de Deus na vida deles. É a dádiva da vida.

 

Veja como este livrinho ficou:

 


 

Pinguinzinho
Pinguinzinho
Editora de livros infantis personalizados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *